domingo, 23 de marzo de 2008

MONUMENTOS ANTIGUOS





Seguimos la visita visitando algo de ruinas que en su dia fueron monumentos y que el paso del tiempo ha quedado en este estado.

Puente romano
Acebuche :es eun olivo milenario que hay junto a la antigua ermita
La antigua ermita donde se supone aparecio la imagen de la Virgen de los Santos patrona de Taliga

1 comentario:

  1. UM POEMA SOBRE UMA SANTA ROUBADA...QUE NÃO O FOI !!!
    Explicação: em Táliga, vila que foi aldeia de Olivença até 1850, dizia-se que "os
    portugueses roubaram a Santa da terra!". Era comum os taliguenhos receberem os
    portugueses com esta acusação. Em 2007, a Santa "nova" foi restaurada por verdadeiros
    especialistas espanhóis, que descobriram o que já muitos suspeitavam: por debaixo de
    pinturas completamente imprórias, estava uma "estátua" portuguesa do século XVII, ou
    seja, estava a Santa "roubada". Assim se desfez uma calúnia absurda, que o velho
    sacristão, snr. Felisberto Silva, falecido há poucos anos com idade muito avançada, e
    falando português, dizia que mais não era do que isso: uma calúnia, resultado de um
    restauro infeliz, e de interesses políticos "conhecidos". O meu poema procura elogiar a
    "santa", e chamar a atenção para um erro de cinquenta anos, ou mais!

    A SANTA ESCONDIDA
    (Táliga/OLIVENÇA)

    Linda Nossa Senhora dos Santos,
    de Táliga, Santa protectora;
    há séculos que ouves cantos
    das gentes de que és tutora!

    Em Olivença, os teus acalantos
    conhecidos são, oh! Senhora!
    Em Juromenha, até, teus encantos
    chegaram, formosa benfeitora!

    Quatro séculos tens de "vida"
    a proteger quem te adora
    lá da tua singela ermida!

    Afinal, nunca te foste embora!
    Sob disfarce, estavas escondida,
    mas sempre foste a d´outrora!

    Carlos Luna
    Estremoz, 13 de Novembro de 2008

    carlosluna@iol.pt

    ResponderEliminar